Inscrições pré-colombianas do Parque Nacional do Jaú - AM

Inscrição (figura feminina) em pedra fotografada por Ernani Fagundes em sítio arqueológico localizado nas margens do Rio Negro no Parque Nacional do Jaú, no Amazonas. Os desenhos são anteriores à chegada dos portugueses e espanhóis na América.


Um convite para a imaginação. Qual o significado dos desenhos ?

O que representam esses petróglifos ?

Na foto, se olhar atentamente poderá perceber 4 petróglifos, acima da linha d'água do Rio Negro.


A representação do ser humano é um tema recorrente nesse sítio arqueológico na entrada do Parque Nacional do Jaú. Os traços na pedra são ao mesmo tempo, simples e marcantes.

Com a cheia do Rio Negro, a maior parte das inscrições em pedra estão submersas. A melhor época do ano para pesquisar essas gravuras rupestres é entre outubro e dezembro, no período da seca. Segundo a historiadora Manuela Carneiro da Cunha, autora do livro História dos Índios do Brasil (Companhia das Letras) há necessidade de exploração e estudos em pelo menos 4 sítios arqueológicos no Parque Nacional do Jaú, num raio de 6300 metros em linha reta. Outro sítio importante para estudos é o da Foz do Unini, 56 km de distância da Foz do Jaú. Mas antes de viajar para lá em busca de fotografias, é preciso uma autorização por escrito do IBAMA para visitar os locais, fechado para turistas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário